François Patrick Nogueira Gouveia foi condenado a prisão perpétua pela morte do tio, Marcos Campos Nogueira, e dos dois primos, em Pioz, na Espanha, e a 25 anos de prisão pela morte da tia, Janaína Américo. A sentença foi lida nesta quinta-feira (15), pela juíza Maria Elena Mayor Rodrigo. Após seis dias de julgamento na Espanha, Patrick foi considerado culpado em júri popular no dia 3 de novembro. As informações são do G1.

A prisão permanente revisável, considerada pena máxima no Código Penal espanhol, só poderá ser revista após o cumprimento de 25 anos da sentença, de acordo com a decisão lida pela presidente do tribunal de Guadalajara.

Patrick Nogueira está preso na Espanha desde outubro de 2016, quando se entregou às autoridades espanholas e confessou ter matado e esquartejado os tios e dois primos, de 1 e 4 anos de idade, em um chalé na pequena cidade de Pioz em agosto de 2016. Desde então, o acusado e réu confesso seguia aguardando julgamento.

Acompanhe matéria no link: https://istoe.com.br/brasileiro-e-condenado-a-prisao-perpetua-na-espanha-por-matar-parentes/